CRER-4.jpg

Nos dias 11 a 15 de março, a ADRIMAG deslocou-se a Cabo Verde para disseminar, pela segunda vez neste país, a Metodologia CRER.

Os técnicos do projeto CRER Cláudia Silva e Jorge Ferreira organizaram uma ação de formação sobre a metodologia, de 40 horas, para um grupo de 17 técnicos de emprego e empreendedorismo, parceiros ou técnicos da entidade facilitadora desta formação – a ADEI – Agência para o Desenvolvimento Empresarial e a Inovação.

Esta formação CRER FACE, que decorreu na cidade da Praia, permitiu que os formandos obtivessem conhecimentos sobre a Metodologia CRER e descobrissem, de forma prática, os seus instrumentos e as técnicas de apoio ao empreendedorismo. A formação permitirá que estes técnicos desenvolvam novas ações de promoção do empreendedorismo e da criação de empresas e utilizem uma estrutura comum de acompanhamento de empreendedores na elaboração de Planos de Negócios.

A Metodologia CRER, baseada na metodologia Francesa das Couveuses, é uma metodologia integrada de apoio ao empreendedor que a ADRIMAG leva a cabo desde 2006, com três vertentes distintas:

1ª - Informação e Sensibilização para o Empreendedorismo e para a Criação de Empresas;
2ª - Maturação e Finalização de Projetos de Criação de Empresas (apoio à preparação e elaboração de planos de negócios);
3ª - Teste e Experimentação de Ideias de Negócio (apoio ao teste de uma ideia de negócio, sem que o empreendedor tenha necessidade de constituir uma empresa).

 

As atividades de disseminação desta metodologia têm por base um Guia metodológico para a apropriação do CRER, que contém todos os instrumentos necessários para a replicação, adaptação e incorporação de um Centro de Recursos e Experimentação, proporcionando a transmissibilidade das competências mobilizadas para o apoio aos empreendedores nas três vertentes supra citadas, tendo uma componente teórica, e outra prática de contacto direto com os processos de formação personalizada e individualizada.

Rede de cooperação CRER facilita a troca de conhecimentos, informações e competências entre os diversos membros, numa perspetiva de melhoria e aprendizagem contínua, sendo semelhante a forma de acompanhamento dos empreendedores pelas organizações pertencentes à Rede.

quarta, 01 agosto 2012 15:03

ADRIMAG apresenta CRER à Europa

A ADRIMAG participou no seminário internacional sobre emprego e empreendedorismo, que se realizou em Granada (Espanha). O seminário «Europa vista de la mirada de la mujer emprendedora» decorreu nos dias 17 e 18 de julho, e contou com uma apresentação do projeto CRER como exemplo de boas práticas.

O seminário abordou o tema do desemprego feminino, o género mais afectado pela crise no emprego, tanto em Portugal como no resto da europa, e mostrou exemplos de como algumas mulheres podem «construir o futuro com as suas mãos e o seu trabalho».

A ADRIMAG tem desenvolvido vários programas de apoio ao desenvolvimento local, alguns deles apoiados na metodologia do projeto CRER – Criação de Empresas em Espaço Rural. Este projeto foi já disseminado para mais 8 instituições em Portugal e está igualmente a ser usado pela Agência para o Desenvolvimento Empresarial e Inovação de Cabo Verde.

Só na área de intervenção da ADRIMAG, desde 2006, o projeto CRER já apoiou 94 empreendedores, do que resultou a criação de 10 empresas que empregam mais de 2 pessoas cada. O CRER visa um aconselhamento e direcionamento da melhor opção para o empreendedor e incluiu uma formação-ação com apoio na elaboração do plano de negócios.

Exemplo de sucesso da metodologia CRER é o projeto de criação de um jornal local, desenvolvido por Cláudia Oliveira, que esteve igualmente em Granada a explicar as suas motivações aquando da criação do seu negócio.

«É importante conhecer as práticas de outros países, o que se faz pelo empreendedorismo e pelo emprego feminino», afirmou Francisca Aguilar, responsável pela delegação de emprego em Granada.

A importância desta partilha é ainda mais urgente em contexto de crise económica já que, e tal como reconheceu Penélope Denu (diretora do Instituto Europeu dos Itinerários Culturais), «as atividades culturais são as mais ameaçadas na atual conjuntura económica. É preciso mostrar aos Governos que elas têm valias».

No painel de oradores estiveram representantes de Espanha, Eslovénia, Portugal, Luxemburgo, Itália e Grécia, que explicaram os meios e programas que têm ao serviço do empreendedorismo.

A responsável pelo projeto EuroEmpleo em Espanha, Dori Tercedor destacou o intercâmbio de boas práticas no feminino, conseguido nestes dias.

ADRIMAG no âmbito do projecto E-Arte, integrado na medida 3.4 Cooperação LEADER para o Desenvolvimento, promoveu durante o mês de Janeiro, na Ilha de São Vicente - Cabo Verde, a disseminação da metodologia CRER. Esta metodologia de Apoio ao Empreendedorismo e à Criação de Empresas CRER foi disseminada para a ADEI - Agência para o Desenvolvimento e Inovação entre 16 e 20 de Janeiro de 2012.

Esta disseminação integrada no projecto de cooperação E-Arte, proporcionou a Formação CRER FACE – Formação de Agentes para o Empreendedorismo e a Criação de Empresas a 14 técnicos de várias entidades parceiras da ADEI. Os técnicos destas entidades tiveram contato com a metodologia e os instrumentos de apoio ao empreendedorismo e consideraram esta ação de extrema importância para o desenvolvimento das suas atividades profissionais, nomeadamente os técnicos que promovem o empreendedorismo junto da população local.

Tendo em conta a experiência profissional dos formandos ao nível da promoção do empreendedorismo, esta formação permitiu o aperfeiçoamento de técnicas empreendedoras já implementadas nestas instituições.

As entidades de Cabo Verde parceiras do projecto E-Arte, nomeadamente a ADEI, no final da formação mostrou-se satisfeita pela concretização dos objectivos da ação, considerou ainda que esta formação será uma foco essencial para a concretização dos objectivos do projecto E-Arte.

"Think Small First" é o princípio que visa melhorar a abordagem política global do empreendedorismo e promover o crescimento das PME. O "Small Business Act" (SBA) para a Europa, criado em 2008, pretende a implementação sustentável deste princípio na definição de novas políticas. Em Portugal, a implementação e execução do “Small Business Act” iniciou com a criação e manutenção de uma Base de Dados de Boas Práticas.

O projeto “CRER – Criação de Empresas em Espaço Rural”, foi submetido à consideração da Comissão Europeia, no sentido de poder integrar a referida Base de Dados, tendo surgido, esta semana, o reconhecimento deste projeto enquanto Boa Prática enquadrada no SBA. A listagem de 15 Boas práticas nacionais na qual consta o projeto CRER pode ser consultada aqui.

 O projeto CRER surgiu da necessidade de estimular o empreendedorismo, prestar apoio à criação de empresas e facilitar o acesso a financiamento, aos empreendedores do território de intervenção da ADRIMAG. Neste sentido, baseada na metodologia das Couveuses de França, foi criada em 2006, a Metodologia CRER de Apoio à Criação de Empresas e ao Empreendedorismo, que abrange 3 vertentes distintas:

  1. Informação e Sensibilização para o Empreendedorismo e Criação de Empresas;
  2. Maturação e Finalização de Projectos de Criação de Empresas;
  3. Teste e Experimentação de Ideias de Negócio.

Para o desenvolvimento da 3ª vertente desta metodologia, a ADRIMAG criou a Associação CRER, com o objetivo de tornar possível o teste e a experimentação de negócios sem que o empreendedor tenha necessidade de constituir uma empresa. Contudo, e apesar de vários esforços, não foi ainda criado o enquadramento legal necessário para ser executada esta vertente da metodologia.

É notório o contributo da Metodologia CRER ao nível do empreendedorismo no território de intervenção da ADRIMAG. Desde 2006, foram efetuados Check-Ups de Negócio com 87 empreendedores. Mais de 30% destes empreendedores foram acompanhados na elaboração do Plano de Negócios dos seus projectos, o que originou a criação de 9 empresas que empregam, em média, 2 pessoas. A metodologia contribui também para uma taxa de sucesso mais elevada das empresas criadas, uma vez que induz o empreendedor a tomar consciência da importância de um Plano de Negócios com indicadores realistas.

Foi ainda constituída uma Rede, que tem por finalidade assegurar a divulgação e a disseminação da Metodologia CRER a entidades que tenham como objectivo o estímulo do empreendedorismo, numa lógica de rede de cooperação inter-institucional. A Rede CRER conta já com 8 parceiros nacionais que incorporaram e aplicam a Metodologia CRER.

O Projeto e a Metodologia CRER continuam a ser uma boa prática requerida por vários parceiros internacionais como exemplo base na definição de projetos e metodologias de apoio ao empreendedorismo.

Ao longo de 2011, foram vários os grupos de parceiros internacionais a visitar a ADRIMAG e a tomarem conhecimento dos sucessos e dificuldades já ultrapassadas por este projeto. Recentemente, no âmbito do programa Leonardo da Vinci - Transferência de Inovação, um grupo de 10 parceiros húngaros visitou a ADRIMAG e algumas instituições da zona Norte. Este grupo de representantes do projeto Start-Up Model pretendia obter mais conhecimentos do CRER como exemplo na implementação de uma Metodologia semelhante na Hungria. Este encontro permitiu aos parceiros húngaros ficarem a conhecer um pouco mais sobre os programas/ acções disponibilizados pela ADRIMAG, ao nível do incentivo à criação de empresas e empreendedorismo, e as regras a que está sujeita a actividade empresarial e os empreendedores portugueses.

A distinção do CRER pela Comissão Europeia vem, mais uma vez, dar visibilidade e reconhecer a importância deste projeto a nível nacional e europeu, um ano após ter recebido uma menção honrosa nos European Enterprise Awards 2010, na categoria “Iniciativa Empresarial responsável e inclusiva”.

O CRER, rede promovida pela ADRIMAG, em parceria com a ADC MouraCRIA - Centro Regional para a Inovação do Algarve (Universidade do Algarve), Escola Profissional de Alte, AEVA - Escola Profissional de AveiroCâmara Municipal de Alvito e Câmara Municipal de Moura, entidades membros da rede CRER, recebeu uma menção honrosa nos European Enterprise Awards 2010, na categoria “Iniciativa Empresarial responsável e inclusiva”. Estes prémios são promovidos pela Comissão Europeia, com o objectivo de incentivar a iniciativa empresarial nas diversas regiões da Europa e pretendem ser um tributo às boas práticas que, em diversas áreas, contribuam para criar um clima favorável ao desenvolvimento sustentado das economias.

O projeto CRER – Criação de Empresas em Espaço Rural, foi reconhecido enquanto Boa Prática Nacional enquadrada no “Small Business Act” - a mais recente estratégia da União Europeia para o aperfeiçoamento da abordagem política global do empreendedorismo e do crescimento das PME. O Projeto foi selecionado para integrar a Base de Dados de Boas Práticas Nacionais que se enquadram nas áreas de relevância para o Small Business Act, tendo sido considerado na área política 1 – Promoção do empreendedorismo. A ficha de caracterização do projeto CRER que pode ser consultada aqui.

Pág. 1 de 2